Ocorreu um erro neste gadget

03/04/2011

A importância da mulher na agricultura familiar

Embora os homens sejam maioria entre a população do meio rural, as mulheres têm conquistado cada vez mais um papel importante no campo. De acordo com o IBGE, atualmente existem 4,1 milhões de trabalhadoras na agricultura familiar no país e 600 mil delas são responsáveis por estabelecimentos agropecuários.

A organização das pessoas que vivem no espaço rural, mais precisamente, que fazem parte da agricultura familiar mudaram, ou melhor dizendo, se adaptaram na busca da permanência no campo. E, no esforço de construir possibilidades para a autonomia social, econômica e política, as mulheres exercem papel  fundamental no contexto da produção familiar. A mulher se divide em uma jornada de trabalho extensa, que combina atividades no comércio, na casa e no trabalho agrícola, seja pela busca de incremento nos rendimentos familiares, agregando valor aos produtos agrícolas. Ainda podemos mencionar a confecção de doces caseiros,  o artesanato doméstico (fabricação de toalhas de crochês, pinturas em guardanapos, panos de prato, etc...) e a dedicação ao pequeno comércio que se localiza junto a unidade produtiva, constituindo formas complementares de renda.

As estratégias adotadas são as mais diversas, entretanto, a figura da mulher ocupa uma posição de destaque, porque é a responsável pela grande parte das atividades que caracterizam a pluriatividade na agricultura familiar.


http://www.tvhoje.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1691:a-importancia-da-mulher-na-agricultura-familiar&catid=69:outros&Itemid=125