Ocorreu um erro neste gadget

14/03/2011

Mão-de-obra feminina produz arroz

NIQUELÂNDIA/RIO VERMELHO
Mão-de-obra feminina produz arroz
Criada no último mês de setembro, a Associação de Mulheres do Rio Vermelho, povoado a 50 quilômetros da área central de Niquelândia, espera colher 1.000 sacas de 60 quilos de arroz em março. As sementes do cultivo foram doadas pela Secretaria Estadual da Agricultura (Seagro) e o plantio da lavoura comunitária, numa área de quatro alqueires, deverá ser concluído até a próxima terça-feira (15). Segundo a presidente da entidade, Isabel Moreira Soares, a maior parte do arroz a ser colhida servirá para a própria subsistência dos beneficiários do programa de agricultura familiar. O prefeito Ronan Rosa Batista (PTB) e o secretário da Agricultura de Niquelândia, Gilvando Freitas Albuquerque, estão colaborando bastante com a empreitada, fornecendo as horas de trator necessárias ao preparo da terra. "Essa ajuda da prefeitura para nós, tem sido grandiosa", comentou a presidente, que visitou a redação do Diário do Norte em Niquelândia na tarde da quarta-feira (2). Sobre a associação em si, Isabel disse que o trabalho da entidade quer proporcionar às mulheres da zona rural uma oportunidade de fonte de renda, com cursos de capacitação, já que "na roça", nas palavras dela, são raras as oportunidades para as representantes do sexo feminino. Na tarde de sábado (28), 34 mulheres da associação do Rio Vermelho fizeram a retirada de raízes do solo onde o arroz será plantado, para que a terra produza o alimento com qualidade e na quantidade esperada. Naquele dia, a alegria das mulheres com o trabalho foi tão grande que uma delas, Cândida Rodrigues de Souza, expressou sua satisfação com um belo poema, que está sendo publicado com exclusividade pelo DN (veja ao lado).

Mulheres em Ação
(Poema de Cândida Rodrigues de Souza)

As mulheres do Rio Vermelho
Unidas em Ação
E para dar início
Criaram a Associação

As mulheres são decididas
E resolveram lutar
Com a união se faz a força
Resolveram trabalhar

Unidas nós venceremos
Você pode acreditar
Quem trabalha Deus ajuda
É preciso iniciar

28 de novembro
Começamos em mutirão
Foram 28 pessoas
Preparar para a plantação

Pedimos a colaboração
Das autoridades em ação
Para ajudar as mulheres
Que vivem aqui no sertão
Euclides Oliveira
http://www.jornaldiariodonorte.com.br/site/cidades.php?cod=4626 acessado setembro 2010