Ocorreu um erro neste gadget

28/02/2012

ONU pede estratégias sistemáticas para empoderar as mulheres nas zonas rurais


A Vice-Secretária-Geral da ONU, Asha-Rose Migiro, pediu hoje a criação de estratégias sistemáticas e abrangentes para empoderar mulheres nas áreas rurais. A intenção de Migiro é maximizar o potencial dessas mulheres combatendo a pobreza e a fome, além de ajudá-las nas práticas de desenvolvimento sustentável em suas comunidades.
“Se as mulheres  rurais tivessem acesso igual aos recursos produtivos, a produção agrícola aumentaria e a fome diminuiria”, ressaltou Migiro na abertura da 56ª Comissão sobre a Situação da Mulher (CSW). “Mas a realidade é que as mulheres e meninas rurais têm acesso restrito à terra, insumos agrícolas, serviços de finanças, extensão e tecnologia. As mulheres rurais também enfrentam mais dificuldade de acesso aos serviços públicos, a proteção social, emprego, e mercados”.
A Diretora Executiva da Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres), Michelle Bachelet, disse que o empoderamento das mulheres exige uma transformação na forma como os governos elaboraram orçamentos e fazem cumprir as leis e políticas, incluindo as comerciais e agrícolas, além do modo como as empresas investem e operam.
De acordo com a ONU Mulheres, as mulheres rurais constituem um quarto da população mundial. Cerca de 86% da população mundial rural de ambos os sexos deriva seu sustento da agricultura, com cerca de 1,3 bilhão de pessoas envolvidas na agricultura de pequena escala ou como trabalhadores sem terra.
www.onu.org.br/onu-pede-estrategias-sistematicas-para-empoderar-as-mulheres-nas-zonas-rurais/